PLANTAS DE CASA

Formas na versão do utilizador de observar e cuidar de plantas de interior.

Diversos assuntos serão abordados neste blogue destinado a todos os que gostam de plantas e que somente possuem uma pequena varanda ou o espaço interno da casa para as colocar.

De uma forma simples, irei revelando pequenas dicas e conselhos sobre como desfrutar melhor das mesmas pela auto experiencia e observação de resultados de outras pessoas que jamais compraram um livro de plantas ou de jardinagem.

Por todo este blogue é possivel tambem encontrar outros textos relacionados com plantas e links direcionados a outras paginas de grande interesse sobre este assunto, visita-os para informações adicionais!...




EEem.

.
.

31/08/09

GERÂNIO


Desde pequeno que estou familiarizado com as Sardinheiras, assim lhes conheço o nome, apesar de actualmente as escutar serem chamadas por Geranios e Pelargoniuns.
Ambas as minhas avós as possuíam e posteriormente a minha mãe também as trouxe para Lisboa onde adornavam gloriosamente as varandas de nossa casa.

No entanto não era uma planta desconhecida em Lisboa, por todo o lado e especialmente nos bairros mais velhos e típicos, elas eram a rainha das flores e as suas inúmeras cores davam alegria ao pátio mais sombrio.
Plantas em todos os géneros de recipientes elas davam flores praticamente todo o ano sem cuidados extra, razão pela qual eram as preferidas dos habitantes.
Mas as sardinheiras não eram a planta eleita dos Portugueses, também os Italianos e os espanhóis e elegiam para adornar de cor as suas varandas e janelas.

Durante um certo tempo em desuso pelo fascínio do alumínio que foi fechando as varandas e também pela conotação de flor demasiado popular e pouco elitista, foi sendo substituída aos poucos pelas plantas de interior mas exóticas, acabando assim com aquele típico habito de trocar mudas entre as vizinhas que enchiam de cor a cidade.

Actualmente, pelo revivalismo que se vive, a planta voltou a pouco e pouco a estar na moda, sendo a Sardinheira de cair a rainha... O costume de socializar entre os habitantes de um bairro que trocavam de mudas entre dois dedos de conversa não se voltou a adquirir, mas as estufas aproveitaram esse novo interesse nas plantinhas e comercializam-nas ás centenas nas suas inúmeras variedades. De repente a sardinheira deixou de ser uma planta do povo para passar a ser uma planta de elite.

No entanto ainda é possível encontrar belos pátios repletos de belos exemplares e variedades raras, um pouco por todo o país.

Espanha faz cartão de visita das suas Sardinheiras, e se estivermos atentos nas nossas viagens, poderemos encontrar estas belas plantas em Itália, França, Grécia e um pouco por todo o mundo, como símbolo de um povo que comunica entre si e troca mudas entre dois dedos de conversa, mesmo que actualmente já não o faça.

Com inúmeros tipos de folhagem, cores e variedades de flores, as Sardinheiras, não sendo uma planta particularmente exigente em cuidados, pode alegrar seguramente a vida de quase todo o tipo de pessoas, basta ser sensível e amante da natureza.


Gerânio / Sardinheira / Pelargonium spp.
Os 4 tipos principais de gerânio são:

1. Comum Geranium (Hortorum Pelargonium x)
2. Samurai (Hybrid Pelargonium peltatum). O de porte pendente.
3. Pelargonium do pensamento (Hybrid Grandiflorum Pelargonium). Eles são os melhores para cultivar em uma sala.
4. Gerânios cheiro (Pelargonium capitatum, Pelargonium crispum, Pelargonium graveolens,...). São várias espécies que têm as folhas aromáticas.



Existem mais de 250 espécies do género Pelargonium, o que chamamos de "gerânios". No entanto, á venda encontramos geralmente apenas 4 tipos:
• Gerânio Comum- Pelargonium x Hortorum

Este é o típico gerânio que sabemos e conhecemos todos. São híbridos Zonale Pelargonium e Inquinans Pelargonium e às vezes são chamados Hortorum Pelargonium x mas principalmente em Portugal são conhecidos pelo nome da Sardinheiras.

• Gerânio Samurai ou hera - Pelargonium peltatum

Híbridos Pelargonium peltatum. Possui tendência para a suspensão e são igualmente populares, cada vez mais. Quem não os conhece das varandas e janelas mais coloridas?

• Gerânio pensamento - Grandiflorum Pelargonium

Híbridos Grandiflorum Pelargonium. Eles são os melhores para cultivar dentro de uma sala. Menos comum do que os outros dois, é no entanto possível encontra-los entre os apreciadores deste género de plantas.

• Gerânios cheiro - Pelargonium graveolens

São várias as espécies que têm as folhas aromáticas: Pelargonium capitatum, Pelargonium crispum, Pelargonium graveolens, ... Mais rústicos e selvagens que os anteriores, encontram-se geralmente em jardins de pedras e de pouca necessidade de manutenção. Possuem flores simples mas folhas são particularmente aromáticas quando tocadas.

CULTURA

LUZ
• Sol, sim, mas melhor se você tiver alguma protecção no meio do dia no verão. Em climas muito quentes é melhor colocar na semi-sombra, especialmente os geranios de cair.

• No interior devem ser cultivados numa janela virada para sul para receber muita luz e o máximo de sol do dia. As melhores espécies para cultivo de interior é o terceiro tipo citado acima, o Pelargonium do pensamento (Grandiflorum Pelargonium).

• A sombra faz com que a planta 'estiole', ou seja, comece crescer esguia e muito frágil. Além disso, produzem fracas e poucas flores.

TEMPERATURA
• gerânios são friorentos e não podem suportar geada (temperaturas abaixo de 0 º C). Em climas onde há regulares geadas, há que protegê-las no inverno sob o risco de se queimarem todos.

• Se os cultivar em vasos, coloca-los em meados de outono em casa num ambiente iluminado, protegido e bem ventilado. Deixá-los fora, ao ar livre, seria bom se estivessem cobertos com uma folha grande de plástico com furos.

IRRIGAÇÃO
• Querem pouca água, o excessivo de agua pode apodrecer os caules.

• Ele odeia alagamento. Dê uma boa drenagem.

• Não pulverize flores e folhas com agua, não necessitam nem gostam. Nem utilize spray abrilhantador nos gerânios.

• Na Primavera e no Verão regue cerca de 2 vezes por semana, consoante a temperatura e exposição solar, poderá aumentar a rega. No Outono, 1 de rega semanal deve ser suficiente no inverno quase nada de água, a menos que você mantenha a flor e queira que ele continue a florir, mas nunca o deixe alagado em agua.

ADUBO
• Ofereça um pouco de fertilizante líquido especifico para estas plantas somente se estiverem com flores 1 vez a cada 15 dias em floração.

• Falta de nutrientes ou terra de má qualidade provoca um crescimento lento, apatia da planta, amarelecimento das folhas e pouca produção de flores.

PODA DOS GERANIOS
• No final do Inverno ou início da primavera dar-lhe uma poda severa, quase rente ao chão. Esta questão vai estimular um novo crescimento. Trate do material para fazer cortes.

• Uma poda cuidada nas hastes terminais dará origem ao mutiplicamento das mesmas, mais hastes, mais flores.

MULTIPLICAÇÃO
Todos os anos pode obter estacas para novas cópias e ir renovando os antigos, que estão degenerando. Espécimes jovens florescem mais e melhor.

1. Você pode fazê-lo quase em qualquer altura do ano pois elas pegam facilmente, embora o melhor momento seja a primavera.

2. Pode aproveitar os restos de poda, sempre que a estaca podada seja de qualidade, é claro.

3. Faça de cortes de cerca de 10 cm. sempre abaixo de um nó.

4. Elimina as folhas mais baixas e deixar os 2 pares de folhas a partir do final.

5. Deixe o corte secar durante a noite antes do plantio, no dia seguinte plante em vasos de trufa ou bandejas para enraizamento. Outra coisa para incentivar a emissão de raízes mais rapidamente, é impregnado em pó hormonal, vendido nas lojas de especialidade, as estacas a enraizar.

PRAGAS
Traça do Geranium ou Africano, pulgões, aranhiço vermelho, mosca branca, escala, lagartas e nematóides.

O Traça dos Geranios é a praga mais importante e prejudicial de gerânios na Península Ibérica. Tente prevenir pelo menos uma vez por mês com os insecticidas no mercado, por exemplo, a Asocoa Geranios. Se a planta for muito afectada, não tem solução e deve ser queimada. Se não, podar e remover todas as hastes afectadas (examine o interior das folhas na procura da lagarta) e aplicar um insecticida. Repetir a cada 15 dias.

DOENÇAS
Rust, Botrytis, ao oídio, Alternariosis, antracnose, take-all (Pythium spp.) Bactérias (Xanthomonas spp.) e vírus do mosaico.

Mais informações sobre espécies de Pelargonium:

Pelargonium crispum ... (Limão gerânio, gerânio perfumado)
Pelargonium crispum


- Científico ou nome em latim: Pelargonium crispum
- O nome comum ou usual: gerânio perfumado, geranium limão, malva perfumada
- Família: Geraniaceae.
- Origem: África do Sul.
- Entre as várias espécies de gerânio são as folhas perfumadas como este e as flores singelas, que o fazem destacar-se dos outros.
- Esta espécie é caracterizada pelo forte cheiro de limão que aparece quando lhes produzimos uma lesão, os pisamos ou lhe tocamos ao cheirar as flores.
- Altura: 0,80-1,5 m.
- Flores simples em umbela em um pedúnculo, roxo, lilás e assimétrica.
- Período de Floração: primavera-verão.
- Use como decoração interior e exterior, perfumador de gavetas.
- Aplicações na indústria de perfumes.
- Temperaturas: devemos proteger da geada mas pode temporariamente resistir a temperaturas abaixo de 0 º C.
- Solo: ligeiramente ácido, solto, bem drenado.
- Irrigação: quando em flor duas vezes por semana durante o verão. No inverno, não exige muita água, deixe o solo secar entre regas.
- Durante a irrigação não deve ser deixada encharcada ou com agua no prato para evitar o aparecimento de fungos.
- Alimentação: necessidade de uma atenção rica em nitrogénio e específicos para estas plantas.
- Pragas: borboleta Africana, ácaros ou aranhas vermelhas, moscas brancas, pulgões.
- Doenças: Botrytis, ao oídio, Rust.
- A localização em ambientes gaseificadas reduz a ocorrência de fungos.
- Multiplicação: reproduz por sementes e estacas.
- As mudas são plantadas em vasos com solo do jardim e permitir o enraizamento em local quente e húmido.

Pelargonium peltatum ... (Samurai, geranio samurai, gerânio hera, sardinheira de cair)
Pelargonium peltatum


- Científico ou nome em latim: Pelargonium peltatum
- O nome comum ou usual: Samurai, gerânio hera, sardinheira de cair.
- Família: Geraniaceae.
- Origem: África do Sul.
- Perenial direita com estaca de suporte ou de pendurar os ramos livremente, bastante fino e angular.
- Folhas com cinco lobos obtusos, glabras, carnuda, com borda inteira central e pecíolo (a folha tem totalmente uma reminiscência da hera).
- Flores muito variáveis em tamanho e cores (roxo, vermelho, rosa, roxo, matizadas, etc.) Reunião no umbelas não muito denso que podem ser de flores simples ou dobradas.
- As variedades de flores são cultivadas individuais ou em dupla.
- Tempo de floração mais forte na primavera.
- Aplicações: para varandas, terraços e janelas em uma posição tal que os ramos possam pendurar e encher o vácuo, é também cultivada em vasos com tutores para se manter levantada.
- Luz: sol pleno. Um mínimo de 4 horas de sol.
- Temperatura: proteger da geada. Tolera geadas leves e durante pouco tempo (-3 ° C).
- Rega normal, diaria, especialmente no verão quando estiver a florir profusamente. No entanto é tolerante à seca temporaria.
- Poda de encurtamento e mudança de terra na primavera.
- Renovar as plantas a cada 3-4 anos.
- Multiplicação: corte de estacas na Primavera e no Outono.

Grandiflorum Pelargonium ... (Geranium pensamento)
Domesticum Pelargonium x

- Científico ou nome em latim: Domesticum Pelargonium x
- Sinônimo: Grandiflorum Pelargonium
- O nome comum ou usual pensamento Gerânio, Gerânio real, Malvas do pensamento.
- Família: Geraniaceae.
- Origem: África do Sul.
- Perene, erecta, muito ramificada.
- Crescimento de 0,50m a 1,50 m de altura.
- Folhas: reniformes, arredondadas no topo, 5-8 cm de diâmetro.
- Flores: grandes 4-6 centímetros de diâmetro, com pétalas de cor branca a quase negro, as duas primeiras com manchas escuras.
- Existem muitos híbridos, e todo ano se pode encontrar á venda novas cores de flores.
- Tempo de Floração: primavera-verão.
- Usos: Para decorar roupa de cama e mesa.
- Luz: sol pleno, desde que preencham irrigação.
- Temperaturas: são plantas muito resistentes, no entanto deve assegurar a sua conservação colocando-as numa estufa durante o inverno se o tempo for de congelamento.
- Solo bem drenado para evitar água parada que produz podridão radicular.
- Irrigação moderados, tentando não deixar poças.
- Adubação: a partir do início da floração, fornecer adubo proprio para geranios nas plantas de floração a cada 15 dias.
- Durante o período de floração, retire flores velhas para incentivar o crescimento de novas flores.
- Poda de encurtamento na primavera.
- Mudança de vaso a cada ano.
- Propagação por estacas antes ou após o florescimento.

Zonale Pelargonium (Geranium, Sardinheira, Malvón...)
Zonale Pelargonium


- Científico ou nome em latim: Zonale Pelargonium
- O nome comum ou usual: gerânio, gerânio zonal, sardinheira.
- Família: Geraniaceae.
- Origem: África do Sul.
- Este é o típico gerânio que todos conhecemos e por vezes chamado de Pelargonium Hortorum x.
- Sufruticosa algo perene, não ramificada.
- Altura: Têm geralmente 30-50 cm de altura, mas pode atingir até 2 m de distância.
- Flores simples, duplas e dobradas e tambem de pétalas alongadas, reunidas em umbelas mais ou menos compactas, coloridas de vermelho, branco, rosa, alilasadas, alaranjadas, matizadas, etc. - Flor: continuamente entre a primavera eo outono.
- Existem muitas formas e variedades de Pelargonium zonale.
- É uma planta muito valiosa que no verão possui abundante floração.
- Pode ser encontrado em grandes parques, bem como em qualquer jardim ou vaso para decorar varandas, terraços, calçadas, casas, etc. Na Lisboa antiga é a planta preferida dos pátios tipicos bem como em muitas zonas de Espanha, Sevilha principalmente.
- Luz: sol pleno para ter uma floração abundante, ou semi-sombra, se o tempo for constantemente quente e solarengo.
- Proteção de excesso de chuva ou ventos fortes.
- Cresce bem em todos os tipos de terreno, preferindo os leves e férteis. Os barrentos são os piores para esta planta.
- Irrigação normal, frequente ou diariamente durante o período de verão.
- Resiste à seca temporaria.
- Multiplicação: a partir de estacas quase todo o ano ou de sementes na primavera, no inverno e outono em estufa.

12 comentários:

Annete disse...

Vou aproveitar os seus conselhos para recuperar e manter as sardinheiras.

Anónimo disse...

Bom dia, meu nome é Nice e eu sou brasileira. Aqui estas flores são conhecidas como Gerânios. Parabéns são lindas.

Anónimo disse...

Moro no sul do Brasil e gosto muito de gerânios.Sua matéria será de grande valia pois estamos na época de prepará-los para primavera/verão.

Anónimo disse...

Oi gostaria de uma informacao, moro na alemanha.Tenha uma sacada de 7m de geranio,o problema e que vai chegar o inverno e aqui congela tudo.Oque devo fazer?e em que epoca devo podar esse geranio?

Anónimo disse...

Moro em ap. e tenho sempre lindas flores de gerânio na sacada! Pesquisando descobri recentemente o valor "medicinal do gerânio" que tem me ajudado a controlar uma alergia, a qual faço tratamento há anos sem resultados...

Anónimo disse...

As minhas avós chamavam o gerânio de ALEGRIA, e nas leituras que tenho feito, o chá dessa planta combate stress, tensão, ...
Com certeza há uma relação, que o mais velhos já conheciam !

Anónimo disse...

Lindo o seu blogger adorei a materia sobre os gerânios, obrigada.

Madalena disse...

Muito lindo o blogger, adoro essa planta,não sabia da utilização terapeutica,agora gosto muito mais.parabens obrigado.Madalena sou de Bambui m.g.





Anónimo disse...

Boa noite! Muito lindo o blog...amei!!!
Não gosto de comprar no mercado livre esta muito caro,sabe onde compra pela internet?meu email:mariangelaepedro@zipmail.com.br
Aguardo

lucinha disse...

ola adorei tudo amo geranio,gostaria de saber onde compro mudas, pois so tenho ma cor rosa voce me indica

lucinha disse...

ola adorei tudo amo geranio,gostaria de saber onde compro mudas, pois so tenho na cor rosa voce me indica onde comprar todas as cores, me e mail marialucia.dejesusp@gemail.com grata

maria helena con disse...

Parabéns pela matéria, muito boa , geranios são muito resistentes né ?!